Menu do Blog
Era uma vez nos encontros na internet

Arquivos

 

Namoro Online

Eu não estou tão afim de você

Muitas pessoas já estiveram na situação de amarem e nãos erem correspondidas. Sabemos que dói e que é uma situação muito triste. Mas e quando é o contrário? E quando a outra pessoa está apaixonada por você, mas você não consegue sentir nada além de amizade? Como lidar com essa situação? Isso acontece muito. Principalmente em relacionamentos online.
Pode ser uma boa premissa para uma comédia romântica, mas todos sabemos como essas situações geralmente acabam na vida real. Muitas pessoas se apaixonam por alguém que não retornará o seu carinho, mas continuam insistindo, esperando um milagre. Não estou dizendo que é impossível. Muitas pessoas se apaixonam por quem as ama primeiro. É assim que funcionam as emoções humanas. Dê amor o suficiente e ele voltará na mesma proporção, não é?
O problema começa quando você não se sente da mesma forma em relação à pessoa que o ama. Com o tempo, isso pode até mudar... mas a situação atual é essa, e não pode ser alterada por mera vontade.

Amor unilateral não é amor. É tortura

É esperar por algo que talvez nunca aconteça. É olhar para alguém que não te vê. É pensar em alguém dia e noite enquanto essa pessoa provavelmente não está fazendo o mesmo. É ficar olhando para o telefone esperando que essa pessoa envie uma mensagem ou ligue. É enviar amor com muito fervor, enquanto apenas recebe indiferença.

Amor unilateral não é amor. É desgosto

É uma pessoa que dá, enquanto a outra só está recebendo. É uma pessoa sendo amorosa, enquanto a outra nem sequer se move. É uma pessoa que sempre espera algo mais, enquanto a outra está evitando o assunto por completo. É uma pessoa disposta a fazer qualquer coisa para fazer as coisas darem certo, enquanto a outra nem sequer está pensando nisso. É uma pessoa sempre chorando, enquanto a outra sempre está rindo.

Amor unilateral não é amor. É uma paixão. É um capricho. É uma obsessão

É gostar da ideia de alguém. O amor real nunca é unilateral. O amor real é recíproco. O verdadeiro amor é paciente. O amor real é a compreensão. O verdadeiro amor consiste em pessoas que embarcam em uma viagem maravilhosa, juntamente com todos os seus altos e baixos. São duas pessoas que se desejam voluntariamente. São duas pessoas tentando se aceitar e amar as piores partes uma da outra. Duas pessoas estão prometendo estar juntas na doença e na saúde.

Como é ser amado por alguém que você não ama da mesma forma?

Nunca pensamos nisso, não é? Sempre pensamos no lado da pessoa que ama, mas não é amada. Você imagina que receber esse tipo de sentimento deve ser algo maravilhoso, sabendo que alguém está disposto a dar seu coração a você sem pedir nada em troca. Objetivamente falando, a maioria das pessoas simpatizará com a pessoa que está sofrendo por amor, enquanto crucificam a pessoa que está relutantemente sendo colocada em um pedestal.
A verdade é que a maioria das pessoas não considera o que a outra pessoa sente nesse tipo de situação. Eles só veem o sofrimento daquele que está dando todo o amor. Aqui falarei sobre o que realmente está acontecendo com a pessoa que não consegue se apaixonar por quem está apaixonado por ela.
É um fardo. Ser amado é muito bom, mas ser pressionado a amar alguém de volta pode ser emocionalmente cansativo. Você está carregando o peso daquele carinho, mas não está aproveitando os benefícios disso.

Isso faz com que você se sinta culpado

Quando pressionado, você pode considerar concordar com a proposta do seu admirador porque isso parece ser a coisa “certa” a se fazer. Lembre-se, porém, de que não há ganhadores nesse tipo de situação.

Você pensa em formas de fazer essa pessoa parar de te amar

Você começa brigas, se torna uma pessoa desagradável ou a trata como lixo. Tentando evitar ser um babaca ao rejeitar seu admirador de forma definitiva, você acaba se tornando um babaca sem querer, afastando essa pessoa a todo custo. 

Vai ficando difícil deixar essa pessoa ir

O amor dela por você começa a se tornar um tipo de cobertor de segurança. O carinho dela começa a fazer você se sentir seguro e bem cuidado. O único problema é... que você não está disposto a fazer o mesmo por ela.

Você se sente validado porque alguém o ama

Seu ego foi tão alimentado que você não percebe que não deve depender do carinho de outra pessoa. Você se sente necessário, mas não pela pessoa que você precisa ou quer.

Você se sente um lixo porque não consegue oferecer se amor em troca

Saber que você não pode retribuir o sentimento faz você se sentir a pior pessoa do mundo. Não é culpa sua, mas com certeza você sente que é, especialmente quando as pessoas começam a tentar culpar você e pedir que você dê uma chance para a outra pessoa.

Você se sente dividido entre querer essa pessoa em sua vida e deixa-la viver a vida dela

Se você manter essa pessoa por perto, parece que está prendendo ela a você Mas se você deixar claro que não pode amá-la do jeito que ela quer, acabará partindo o coração dela, e você ainda sairá disso tudo como o vilão da história. Parece ser uma situação onde você irá sempre perder.

Mas então como lidar com isso?

Depende de quais sejam suas intenções. Você está em contato com essa pessoa porque quer resolver as coisas? Ou está com a ideia equivocada de que você precisa salvar essa pessoa? Está perto dela por culpa? Você se sente pressionado socialmente? Qualquer sentimento negativo associado à situação deve ser reconhecido e abordado.
Se o que você sente é um mau pressentimento, então no fundo você sabe que não deveria estar nessa situação. Se é bom passar tempo com alguém com quem você se preocupa, mas que não ama de forma romântica, tudo bem. Certifique-se de que você está sendo muito claro e honesto sobre qual é a sua posição. A pessoa precisa saber que você não está apaixonado por ela e que não tem ideia de quando ou se sequer irá se apaixonar por ela algum dia.
Se você está apaixonado por outra pessoa, deve parar de dar qualquer esperança. Se você quiser começar a sair com outras pessoas, diga a ela que acabou e que ela deveria encontrar alguém também. Parece fácil na teoria, mas sabemos que não é. Quando sentimentos estão envolvidos, não existe uma maneira fácil de dar más notícias.
Apenas saiba que sua honestidade vale mais do que o esforço que você gasta para manter a paz e apaziguar sua culpa.

Você algum dia irá se apaixonar por essa pessoa?

A verdade é que não sabemos – ninguém sabe. As pessoas se apaixonam quando é o momento certo. Ninguém pode quantificar ou verificar se já aconteceu ou não. Basta saber que amar alguém significa ser capaz de ver além do egoísmo de querer ser amado de volta. Amar de verdade independe disso e é muito além disso.
Embora seja bom ser adorado e amado por alguém, isso não pode acontecer ao custo do bem-estar de outra pessoa. Se você se apaixonar pela pessoa que o ama, apenas saiba que ela não se apaixonaria por você se não valesse a pena.