Menu do Blog
Era uma vez nos encontros na internet

Arquivos

 

Namoro Online

Entendendo os relacionamentos online

Qualquer um que tenha passado algum tempo online provavelmente terá tido experiências positivas e negativas com relacionamentos online. Embora a Internet possa certamente ser libertadora, permitindo que nos conectemos livremente com uma gama maior de pessoas e nos dando a oportunidade de dar e receber informações mais rápido do que nunca, certamente tem suas vantagens e desvantagens, pois se trata de relacionamentos humanos.
Não resta dúvidas de que cada vez mais pessoas estão passando muito tempo online. E sendo as criaturas sociais que somos, naturalmente desenvolvemos relacionamentos online da mesma forma como faríamos offline.
Pode ser que tenhamos propositadamente entrado no mundo online para encontrar o amor de nossas vidas em um site de relacionamentos, ou talvez tenhamos desenvolvido uma rede social de amigos por acaso através de nossas interações online. O que quer que façamos online e nossas razões para fazer isso, é inevitável que encontremos dificuldades, assim como aspectos positivos em nossos relacionamentos online.
Que tipos de diferenças podemos ver entre relacionamentos que são baseados puramente no mundo online em comparação com nossos relacionamentos baseados principalmente no mundo offline? Que tipos de comportamento psicológico online exibimos e o que isso nos diz sobre nossos relacionamentos online?

A psicologia das relações pela internet

Muitas das dinâmicas que vemos em nossos relacionamentos online podem ser explicadas muito bem pela teoria psicológica tradicional. Vamos dar uma olhada em alguns desses aspectos para nos ajudar a entender melhor nossos relacionamentos online e fazer com que eles durem. Eu realmente pesquisei bastante para trazer algo mais substancial para pensarmos juntos sobre esse assunto.
Além de algumas respostas, você também verá muitas questões sendo colocadas aqui, pois ainda há muita coisa que não é respondida em termos de como a internet desafia nossa compreensão da interação humana e como isso afeta nossos relacionamentos online.

O papel da percepção em relacionamentos online

Essa percepção diz respeito a classificarmos e processarmos as informações que recebemos através dos nossos 5 sentidos:
  • Tato;
  • Visão;
  • Audição
  • Paladar;
  • Olfato.
Você já consegue ver um problema imediato que podemos encontrar em nossos relacionamentos online, se comparados com os relacionamentos offline? Ao contrário do mundo offline, onde usamos todos os 5 sentidos para obter informações, quando estamos online, só podemos um ou dois sentidos para obter informações, e o principal deles é a visão.
Além disso, também somos muito limitados no uso do nosso sentido da visão, porque não podemos nos beneficiar das pistas normais que captamos através da comunicação não-verbal. Podemos ver palavras que são digitadas, podemos ver o avatar de alguém, se ele quiser postar um, e podemos assistir a um vídeo ou ver alguém através de uma webcam.
Ao usarmos uma webcam ou quando assistimos vídeo, também podemos usar nosso senso de audição, mas a maioria da comunicação online é por meio de palavras digitadas em uma tela. Não podemos sentir os feromônios uns dos outros, não podemos nos comunicar através dos nossos olhos, não podemos nos comunicar por meio de gestos, entonação ou tom de voz, não sabemos como é abraçar aquela pessoa ou trocar um aperto de mão.

O que está faltando online? Informação sensorial e linguagem corporal

Então claramente a maioria do nosso equipamento perceptivo não pode ser utilizada em nossos relacionamentos online. Consequentemente, perdemos grandes quantidades de informação sobre outras pessoas. Informações essas que normalmente teríamos.
A principal desvantagem dos relacionamentos e da comunicação online é que não há linguagem corporal para ser lida.

Percepção e realidade – O que é real?

Mesmo no mundo real, nossa percepção está longe de ser perfeita. Ao pensar sobre nossos relacionamentos online e como eles são "reais", precisamos nos perguntar em que medida confiamos nas informações perceptivas muito limitadas que precisamos seguir. Quem está na frente da tela e quem está por trás disso? Nós realmente sabemos ou nosso equipamento de percepção nos deu informações falsas?
Isso pode parecer muito complicado, mas é muito importante se fazer algumas perguntas em relação a isso.
Quem é você na internet?
Você é "você"? Você mostra todos os aspectos do seu caráter e personalidade ou apenas partes de si mesmo? Mesmo se você sentir que mostra tudo de si mesmo, os outros interpretam o que você apresenta da maneira que você gostaria ou há muitos mal-entendidos sobre o que você “quis dizer” e "quem é você"?
Quem são as pessoas com quem "conversamos" online?
O que podemos realmente entender sobre uma pessoa através que ela digita?
Quem está olhando para você da tela do seu computador?
É a pessoa com quem você está conversando ou simplesmente um aspecto seu que está sendo refletido de volta para você? Como podemos perceber a diferença?

O papel dos mecanismos de defesa em relacionamentos online

Para tentar responder a algumas dessas perguntas, vamos dar uma olhada em alguns problemas comuns nos relacionamentos online e nos tipos de comportamentos e processos psicológicos que usamos em nossos relacionamentos com os outros baseados na internet. Em particular, quero olhar para os mecanismos de defesa psicológica. Todos nós temos nossos mecanismos de defesa favoritos que usamos tanto online quanto offline, mas a partir da minha experiência, os seguintes são as defesas que estamos mais propensos a usar online:

Projeção

Simplificando, a projeção é colocar nossas emoções inaceitáveis em outra pessoa. As emoções, pensamentos ou crenças que projetamos nos outros tendem a ser aqueles que negamos possuir. A projeção é complicada e pode ser muito difícil de ver isso em nós mesmos, a não ser que olhemos com cuidado e desejemos ser muito honestos com nós mesmos!
Um exemplo de projeção seria negar a nós mesmos que nos sentimos atraídos por alguém fora de nosso relacionamento e depois acusar nosso parceiro de se sentir atraído por outra pessoa. Nós vemos outros realizando o comportamento em vez de nós mesmos. O mundo sem rosto da internet nos permite projetar isso para os outros com muito mais facilidade do que no mundo real e, dessa forma, conseguimos arrumar desculpas para esse comportamento com mais frequência, já que raramente há qualquer desafio ou consequência.

Idealização e Desvalorização (Divisão)

Em termos simples, idealização e desvalorização significa ter uma forte tendência a ver as coisas (e as pessoas) meio que preto e branco – como sendo todas boas ou más. Ao idealizar alguém, somos incapazes de vê-lo como uma pessoa inteira com qualidades positivas e negativas. Nós só vemos as partes boas. Isso é idealização. O oposto é verdadeiro é a desvalorização – só vemos as qualidades ruins que alguém possui, embora na realidade todos possuam uma mistura de qualidades boas e más.
Na "divisão", podemos sentir que somos intrinsecamente maus e outros intrinsecamente bons, ou o contrário. Isso se expressará como alguém "colocando você em um pedestal" enquanto constantemente se deprecia. No inverso, será expresso como alguém que constantemente dá a impressão de se mostrar “maior que você” e criticar cada palavra sua – eles sentem que são "bons" e que você é "mau".
No mundo da internet, pode ser difícil desfazer esses tipos de percepções, já que as pessoas muitas vezes se apresentam para nós como muito boas. Offline, descobriremos logo se a pessoa é tão boa quanto ela diz ser – podemos ver se a linguagem corporal e as ações correspondem às palavras ao longo prazo. Em nossos relacionamentos online não temos essa capacidade, a menos que essa pessoa decida revelar suas características negativas. Normalmente podemos facilmente esconder essas características de nossa consciência por trás da tela do computador.

Deslocamento

O deslocamento é fácil de explicar e tenho certeza que você será capaz de reconhecer esse mecanismo de defesa rapidamente. Você já teve um dia ruim no trabalho e depois se viu gritando com seus familiares quando chegou em casa? Isso é deslocamento.
Em vez de ficar com raiva de quem ou o que quer que seja que nos perturbe no trabalho, nós jogamos isso em algo ou em outra pessoa, nos permitindo descarregar parte da emoção. Isso acontece muito no mundo online. Basta observar qualquer fórum para ver como as pessoas descontam suas emoções em outros membros por causa de coisas muito bobas!
O deslocamento também pode ocorrer com emoções positivas. Por exemplo, alguém que acha difícil ser aberto e honesto em seus relacionamentos no "mundo real", pode achar que pode deslocar seus sentimentos amorosos para seus amigos ou interesses online.

Distorção

Existem muitos tipos de distorções cognitivas que são basicamente pensamentos ou estilos de pensamento exagerados. Colocarei aqui alguns exemplos de distorções e alguns exemplos online comuns para acompanhá-los:
  • Chegando a conclusões precipitadas:
"Fulano e sicrano ignoraram meu comentário em uma postagem/foto, então eles não gostam de mim."
  • Generalização excessiva:
"Todas as mulheres que postam fotos com algum decote são vagabundas."

Resumindo os mecanismos de defesa

Os exemplos acima são apenas alguns dos mecanismos de defesa que todos usamos em nossos relacionamentos offline e online, mas parece que o mundo online realmente amplia muitos dos mecanismos de defesa. Isso acontece porque, ao contrário do mundo real, há pouquíssimas consequências offline para o que fazemos online. Esses comportamentos geralmente são incontestados. Talvez não nos questionemos tanto quanto faríamos offline, porque muitas vezes há essa confusão sobre quais sentimentos, pensamentos e crenças pertencem a quem.
O que quer que pensemos sobre nossas experiências de relacionamento online, uma coisa é verdadeira: as emoções e reações que experimentamos em relação às trocas online são nossas e de mais ninguém. Se olharmos honestamente para o que estamos recebendo de volta através da tela de nosso computador ou celular, podemos ver que muito disso é um reflexo de nós mesmos. Isso significa é que os problemas que surgem em nossas comunicações online são um excelente indicador de nossas próprias dificuldades, ansiedades e padrões de pensamento distorcidos.

Vantagens de relacionamentos online

  • Podemos conhecer pessoas com as quais nunca teríamos tido a chance de nos conectar antes;
  • Podemos testar diferentes formas de comunicação, nos permitindo ser mais abertos, nos permitindo ficar com raiva, etc. Há menos consequências para o nosso comportamento e, portanto, podemos correr mais riscos;
  • Se não tivermos confiança, ficarmos com a língua presa ou tivermos uma gagueira, não ficará óbvio online e, portanto, estar online pode ajudar a confiarmos mais em nós mesmos;
  • Sentimos que podemos ser quem queremos e escapar dos papéis que nos são impostos no mundo exterior;
  • Podemos pensar mais claramente sobre nossos pensamentos e ideias, já que temos que escrever sobre eles;
  • Podemos editar o que dizemos com mais facilidade, clicando em excluir;
  • Se formos bons em escrever, poderemos realmente nos comunicar melhor no mundo online.

Desvantagens de relacionamentos online

  • Muitas vezes não fazemos um esforço para "verificar as coisas" corretamente. Por exemplo, se estamos tendo dificuldades com alguém no local de trabalho, podemos verificar se eles estão tendo um problema pessoal que está afetando seu comportamento. As pessoas online raramente fazem isso. Afinal de contas, por que se incomodar com isso quando há bilhões de outras pessoas com quem você pode conversar?
  • Podemos ser uma pessoa muito fisicamente expressiva e usar gestos, contato visual e tato para nos expressar. Entretanto, essa não é uma opção disponível na internet. O uso de símbolos e emoticons pode ajudar a transmitir um pouco nossa mensagem, mas realmente não é o mesmo que um sorriso genuíno ou ver alguém realmente chateado;
  • Podemos ser enganados e manipulados com muita facilidade – não há pistas físicas para nos alertar;
  • Existe um enorme potencial para interpretar erroneamente o que as pessoas estão dizendo e o que as pessoas realmente "querem dizer" quando digitam;
  • Muitas pessoas são melhores em se expressar verbalmente do que através da palavra escrita, e por isso estão em desvantagem online.
Lendo esse artigo, ele pode até parecer negativo em relação a relacionamentos online, mas esse não era o objetivo. Afinal de contas, encontrei o amor da minha vida online e acabamos de nos casar (e vocês acompanharam isso).
O objetivo ao escrever esse post foi ajudar todos nós a desenvolver nossa consciência e compreensão dos tipos de riscos psicológicos que podemos experimentar em nossos relacionamentos online e, por meio dessa conscientização, ter a chance de evitar problemas antes que eles surjam. Portanto, dessa forma podemos desfrutar plenamente de qualquer abordagem que tomemos em nossos relacionamentos, não cair em armadilhas cognitivas e deixar nossas emoções fluírem livremente.