Menu do Blog
Era uma vez nos encontros na internet

Arquivos

 

Relacionamentos

Você precisa se valorizar

Eu tenho uma amiga que está em um relacionamento complicado. Essa semana ela veio me visitar e reclamou sobre o quanto o namorado dela implicava com seus gostos, seu modo de vestir e sua vida. Após algumas horas conversando sobre isso, fiz a fatídica pergunta: "Então por que você continua com ele?". A resposta foi insegura e cheia de desculpas. Perguntei então se ela estava disposta a mudar nela o que tanto irritava ele. Ela disse que iria pensar.
Quando se trata de relacionamentos, é uma boa ideia tentar mudar para encontrar ou corrigir um relacionamento? Com minha experiência pessoal e observando amigos e parentes, percebi que há uma diferença entre se reinventar para se tornar a melhor versão de si mesmo, ou mudar completamente para tentar conquistar alguém e fazê-lo se apaixonar por você. Se você está em um relacionamento de longo prazo, conforme o tempo passa, o papel de ambos pode mudar ao longo do tempo. Um exemplo que li na internet foi o da ex-atleta Gabrielle Reece, que comentou sobre as mudanças em seu casamento com o surfista Laird Hamilton. Recentemente, ela assumiu um papel mais "feminino" em seu relacionamento e ela disse que nunca se sentiu melhor. Mudar o seu papel no seu relacionamento pode ser o sopro de ar fresco que sua vida precisa. Todos gostam de se reiventar.
Mas então quando uma mudança é demais? Como eu percebo se estou mudando pelo outro e não por mim?
Essa é uma pergunta capciosa e a resposta está em um limiar às vezes difícil de se ver. Eu acredito que o problema existe quando você começa a perder a sua identidade e quando começa a manter suas opiniões, pensamentos e sentimentos para você, com medo de incomodar o parceiro.
Isso acontece muito com mulheres, mas eu tenho amigos homens que também desistiram de quem são por estarem em um relacionamento. Ninguém deveria ter que fazer isso. Bom, e não sou nenhuma perita em relacionamentos - e esse talvez seja o motivo de eu ainda estar solteira - mas eu acho que todos podemos concordar que, em relacionamentos saudáveis, as duas pessoas deviam oferecer o melhor de si ao outro, e ninguém devia se sentir como se estivesse perdendo parte de si. Nunca.
Por isso, seja em um relacionamento longo ou esteja você conhecendo alguém novo agora, seja 100% você sempre. Você não precisa ser grosso e pode reavaliar suas atitudes e escolhas sobre quem você é e como você age, mas faça isso por você, e não por ninguém.