Menu do Blog
Era uma vez nos encontros na internet

Arquivos

 

Namoro Online

O que fazer com o ciúme à distância?

Lidar com o ciúme não é fácil. É confuso, é assustador e significa enfrentar coisas que você pode achar desagradável ou desconfortáveis. Mas tentar fazer as coisas darem certo, deixando o passado para trás e mantendo as coisas sob controle irá deixa-la mais forte. Fará você mais feliz. E seus relacionamentos, românticos e platônicos, serão ainda melhores.
Hoje resolvi falar de um assunto difícil. Preciso desabafar um pouco. Preciso dizer, inicialmente, que não me considero uma pessoa ciumenta. Talvez no nível do aceitável. E não tinha tido esse tipo de problema com o Aaron até recentemente. Vou explicar.
Eu e o Aaron estávamos conversando e, em um momento de nossa conversa, ele falou que ia me mandar uma foto de uma saída que ele tinha feito com os amigos para um bar. Não tenho problema com isso. Eu sabia que ele ia sair com os amigos e isso nunca me incomodou. Entretanto, na foto, ao lado dele, estava uma moça muito linda! Parecia uma modelo, com os cabelo ruivos. Sério mesmo. Que mulher linda! E ela estava ao lado dele. Eles não estavam fazendo nada, só sorrindo para a foto. Mas aquilo me incomodou. No dia não falei com ele sobre esse incômodo, mas depois não me aguentei e tive que perguntar quem era aquela mulher. Ele falou que era uma amiga de um dos amigos dele. Ele não conhecia. Aliás, tina conhecido naquele dia. Não tinham conversado muito. Apesar disso, aquilo continuou me incomodando. Tive que falar com o Aaron sobre isso, antes que se tornasse um veneno dentro de mim.
Antes de dizer como foi nossa conversa, resolvi escrever sobre ciúmes e relacionamentos à distância. Realmente é bem difícil lidar com ciúmes em um relacionamento no qual você está a quilômetros de distância da outra pessoa. Resolvi escrever o que eu acho, para buscar e dar forças para todos que estejam na mesma situação que eu. Precisamos saber se estamos sendo mordidos pelo monstrinho do ciúme.

Quanto tempo você pode realisticamente ficar separado de alguém antes de se encontrarem novamente?

Depende da distância, mas uma vez por mês é razoável. Eu e o Aaron estamos separados há um pouco mais tempo que isso, mas, em compensação, ficamos mais de um mês juntos, sob o mesmo teto.
Tudo depende de quanto dinheiro e disponibilidade as pessoas têm. Você também não deve deixar sua vida amorosa entrar no caminho de seus estudos ou trabalho. Alguns casais podem durar até um ano separados, se realmente forem fortes e determinados, mas isso é raro. Acho que seis meses é o limite, e mesmo seis meses seria difícil para jovens e pessoas muito ansiosas. Procure se fazer esse tipo de pergunta.
Se vocês estiverem separados por um ano ou mais, será difícil fazer seu relacionamento à distância funcionar, a menos que vocês tenham um objetivo final, por exemplo, ser encontrarem e passarem muito tempo juntos no final daquele ano. Sem esse objetivo final, não sei quão sustentável esse relacionamento realmente é. Não saber quando você irá exatamente se encontrar com seu parceiro faz você se sentir incerta, ansiosa e preocupada se ele está saindo alguém pelas suas costas. Por isso que a coisa mais importante é saber quando ambos se encontrarão novamente.
Mas é um problema quando um dos parceiros está controlando isso, em vez de ambos. Então, se você sente que um parceiro está querendo se encontrar e o outro não sente tanta vontade por razões mesquinhas, isso é um mau sinal.

O quão envolvidos no dia a dia um outro vocês devem a fim de fazer o relacionamento funcionar?

Uma parte do amor significa "libertar pessoas", e precisamos nos certificar de que não estamos sendo controladores demais. É bom conversar um com o outro sobre quantas vezes vocês sentem necessidade de manter contato, de modo que se sintam confortáveis. Muitas vezes as pessoas não fazem isso. Diante disso, você tem uma pessoa se sentindo extremamente carente e precisando estar em contato e se perguntando "Por que você não me liga ou me manda mensagens?". E o outro está pensando "Eu te amo, mas preciso de um pouco de espaço".
Onde quer que vocês estejam no mundo, devem fazer um acordo sobre quantas vezes vocês irão conversar, mas sem fazer um regime muito rígido, obsessivo e compulsivo de "às 18h todos os dias, temos que nos falar". Para a maioria de nós, vamos nos sentir muito presos se tivermos um horário certo para sempre conversar, sem falar das dificuldades de diferentes fusos horários em outros países. Se você tem o hábito de fazer pedidos absurdos como "Quero uma foto agora de você em seu quarto" ou "Me envie um vídeo para que eu possa ver exatamente o que está acontecendo", você vai acabar com o seu relacionamento, em vez de mantê-lo saudável. Se você está preso em uma palestra e pensando "Meu Deus, está quase na hora que combinamos de conversar" você vai se sentir presa e ressentida. As chances são maiores de você querer terminar esse relacionamento.
Mas lembre-se de que pessoas têm a tendência de impor seus medos, ouvindo amigos que podem ter uma influência negativa e fazer você pensar nas coisas de forma errada. Não se esqueça de que há pessoas que fazem isso porque estão com ciúmes do seu relacionamento. Mas é difícil diferenciar alguém que é mal-intencionado ou alguém realmente preocupado com seu bem-estar. Não se estresse muito com isso. Apenas seja cuidadoso.

Relacionamentos à distância realmente tornam mais difícil permanecer fiel?

É algo que dificulta, mas realmente depende de cada pessoa. Enquanto você pode pensar que realmente ama essa pessoa, seus amigos, seus amigos estão saindo e se divertindo e isso faz você se sentir realmente solitário. Mas eu não acho que as pessoas estejam buscando ser infiéis, mas elas se sentem tristes e solitárias. Além disso, se você está constantemente perto de pessoas que estão sendo infiéis, a ansiedade que você sentirá sobre o seu parceiro que está longe será reforçada. Todos sentimos ansiedade e insegurança.
É uma coisa normal, você vê cartazes antigos de pessoas sentadas perto telefone fixo esperando que ele toque. Mesmo para as pessoas em um relacionamento de mais de 10 anos, a separação por qualquer período de tempo ainda é difícil. E mesmo que conversar por vídeo com alguém, não é o mesmo que estar com essa pessoa cara a cara.
Em termos de confiança, se crescemos em uma família segura, vamos nos sentir mais seguros em nossos próprios relacionamentos. Se crescemos com pais divorciados, podemos acabar mais carentes e inseguros em nossos próprios relacionamentos. Mas não devemos nos culpar e nos castigar pela maneira como agimos, porque é normal. Compreender como somos é importante. Não somos ensinados sobre relacionamentos. Somos apenas ensinados a passar em provas, nos esforçar para estudar e trabalhar. Meu conselho é: se o casal for mais aberto sobre seus medos individuais, é melhor do que dizer nada e, no futuro surgirem brigas por falta de diálogo.

É uma boa ou má ideia ter um "relacionamento aberto"?

Eles não são bons. Não é um bom presságio. Se as pessoas estão fazendo isso, não podem esperar ter relações de amor, porque não vai acontecer. Pode ser a fantasia de alguém, mas a maioria de nós precisa do um-para-um. Quando isso começa, então o relacionamento original se torna subordinado.

Ciúme, possessividade e insegurança

Ciúme, possessividade e insegurança podem ser grandes problemas em um relacionamento à distância. Mesmo as pessoas que confiam totalmente em seu parceiro podem achar difícil lidar com o ciúme. Todos nós sabemos como é sentir ciúmes de outras pessoas. Às vezes sentimos ciúmes apenas porque essas pessoas podem estar no mesmo lugar que a pessoa que amamos, compartilhando experiências e respirando o mesmo ar, enquanto estamos presos a quilômetros de distância, longe de alcançar quem amamos.
Sentimentos de ciúme e insegurança podem ser difíceis de superar. Quando você está longe daquele que você ama, sua imaginação pode alçar voo para territórios desconhecidos e terríveis. Todo mundo tem suas próprias vidas diária, então seu parceiro vai inevitavelmente ver outras pessoas - no trabalho, na escola, em festas - e todas essas pessoas vão passar mais tempo com ele do que você. Isso pode ser um pensamento muito frustrante! O que não ajuda, é claro, é que você saiba com certeza que seu parceiro é a pessoa mais desejável e maravilhosa do mundo, e que cada pessoa que eles encontrar vai tentar tirá-lo de você. A realidade é provavelmente muito diferente, é claro. Mas quando você está longe de um parceiro, é tão fácil imaginar todos os tipos de coisas que estão acontecendo, quando a situação real é muito diferente disso.
A coisa importante a pensar é: você realmente tem motivos para ser ciumento? Alguma dessas pessoas é realmente mais importante para o seu parceiro do que você? A resposta é geralmente não. Muitas vezes, enquanto o seu parceiro está com outra pessoa, no trabalho, na escola, ou mesmo na praia ou em uma festa, eles estão sentindo falta de você, e imaginando o momento quando poderão passar tempo com você.
Confiar em seu parceiro ajuda muito nessas situações. Se você confiar em seu nele, vai se sentir segura o suficiente para deixá-lo sair e ver outras pessoas, e saber que ele ainda te ama e que está ansioso para voltar para você. Muitas pessoas em relacionamentos à distância se preocupam muito com o que está acontecendo quando o parceiro está com outras pessoas. É possível sermos consumidos por ciúme e possessividade, quando não há realmente nenhuma razão para isso.

Confronte seu medo

Um dos tópicos mais comuns no ciúme é o medo. Nós tememos que nossos companheiros se apaixonarão por outra pessoa. Tememos que eles vão encontrar alguém que seja melhor do que nós. E mais do que qualquer outra coisa, tememos o desconhecido. Porque vamos ser sinceros: na maioria das vezes, você não sabe o que está acontecendo. Você está reagindo ao que você imagina que é seja a verdade, ao invés dos fatos. Todos nós temos a capacidade de criar em nossas cabeças todos os possíveis piores cenários imagináveis.
Quando nossos namorados estão fora com suas amigas, imaginamos que elas estão dando em cima deles, fazendo o que sempre quiseram fazer, mas não faziam com você por perto. E deixamos inevitavelmente esse medo entrar e dominar nossas mentes.
Fiz muitos amigos com quem comecei a compartilhar experiências maravilhosas. E meu namorado também anda com os amigos dele. No final das contas, quando nos sentamos para conversar, contamos um ao outro sobre todas as coisas divertidas que fizemos naquele dia.
Mas, às vezes, você não quer ouvir sobre todas as coisas incríveis que seu companheiro fez. Você odeia o fato de não conseguir vê-lo todos os dias, e os amigos do seu parceiro passam mais tempo com ele do que você.
Então, o que você pode fazer quando se sente insanamente ciumenta dos amigos do seu amado? Como você lida com seu parceiro estar com ciúmes de você passar tempo com seus amigos? As palavras-chave são: confiança e paciência.
Vou contar o que aconteceu comigo e com o Aaron. Contei a ele o que estava acontecendo comigo, que aquilo estava me consumindo. Em nossa conversa, percebi que não sentia ciúmes daquela moça especificamente. Ela estava sendo uma válvula de escape para minhas frustrações de estar sentido falta dele. Somos humanos e muito simples. Continuamos conversando e ele também disse que sentia muito a minha falta. Disse que às vezes sentia ciúmes irracionais também. Sussurrou no meu ouvido tudo o que gostaria de fazer comigo quando me encontrasse. Chorei, ri, senti meu coração se aquecer. No final, passamos a nos conhecer melhor. E é isso. Relacionamentos, sejam à distância ou não, são viagens ao desconhecido. É preciso muita coragem, mas a recompensa é maravilhosa e vale totalmente a pena.